Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Gabriel, do Palmeiras, sofre lesão no joelho e não joga mais em 2015

Volante se machucou na partida contra o Atlético-PR

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

03 de agosto de 2015 | 16h22

Ainda se recuperando da derrota para o Atlético-PR por 1 a 0, domingo, o Palmeiras recebeu uma péssima notícia nesta segunda-feira. O volante Gabriel passou por exames no fim da manhã e foi constatado o rompimento do ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo. A grave lesão deve afastá-lo do gramado por cerca de seis meses. Logo, ele não joga mais na temporada.

O jogador foi substituído por Andrei Girotto durante a partida e, na ocasião, não demonstrava preocupação com a lesão, que segundo ele, foi apenas uma "estraladinha". Gabriel e o goleiro Fernando Prass eram os únicos atletas que haviam disputado todos os jogos do Brasileiro.

Gabriel atuou em 40 dos 42 jogos do time na temporada e nunca tinha deixado de treinar por qualquer problema físico. O volante deve passar por cirurgia nos próximos dias e, em seu lugar, o técnico Marcelo Oliveira pode escalar Andrei Girotto e Amaral ou adotar uma formação mais ofensiva e dar mais oportunidades para Cleiton Xavier.

O elenco do Palmeiras está de folga nesta segunda e terça-feira. Retorna às atividades na quarta-feira pela manhã. O time volta a campo no domingo, para encarar o Cruzeiro, no Mineirão.

VALDIVIA

Em relação a entrevista do meia Valdivia ao Estado nesta segunda-feira, quando fez duras críticas ao trabalho da diretoria do Palmeiras, os dirigentes não devem se manifestar, pelo menos por enquanto. Dentre outras coisas, o chileno reclamou que não foi respeitado durante as conversas para renovar contrato e que os representantes do clube ficaram com "papinho furado". Para ler a entrevista completa com o chileno, clique aqui.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.