Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Gabriel vê Atlético-MG em 'evolução muito grande', mas prevê dificuldade na semi

"É um clássico, um jogo difícil. O América-MG vem muito bem na temporada, na competição"

Estadão Conteúdo

19 de março de 2018 | 20h30

Entre trancos e barrancos nesta temporada, o Atlético-MG chega animado para a semifinal do Campeonato Mineiro. Depois de passar pela URT no domingo, por 1 a 0, a equipe abre a luta por uma vaga na decisão com o América-MG nesta quinta-feira, no Independência. Para o zagueiro Gabriel, as apresentações recentes mostraram que o time alvinegro tem condições de avançar. Mas ele mesmo alertou para a qualidade do rival.

+ Confira a tabela do Campeonato Mineiro

"É um clássico, um jogo difícil. O América-MG vem muito bem na temporada, na competição, mas nós também estamos em uma evolução muito grande. A equipe vem se comportando bem nos jogos, então, tem tudo para ser dois grandes jogos. Vamos fazer o nosso melhor, dar o máximo para buscar essa classificação para a final", afirmou.

Gabriel é o pilar de uma defesa que vem sendo o ponto forte do Atlético-MG. Nos últimos nove jogos, foram quatro gols sofridos pela equipe. E não levar gols na quinta será essencial se o lado alvinegro quiser reverter a vantagem de jogar por dois resultados iguais do América-MG.

"Temos que procurar tirar essa vantagem logo no primeiro jogo. Mas, caso não aconteça, temos que ter paciência e tranquilidade porque nada vai se resolver no primeiro jogo. São dois jogos e vamos trabalhar bastante para fazer dois grandes jogos e sair com a classificação", disse Gabriel.

O elenco atleticano se reapresentou nesta segunda-feira na Cidade do Galo. Os titulares da vitória de domingo fizeram um trabalho regenerativo, enquanto o restante do elenco fez um treino técnico e tático no campo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.