Friso Gentsch/Efe
Friso Gentsch/Efe

Galatasaray celebra vaga e já sonha com semifinal da Copa das Campeões

Time turco superou o Schalke fora de casa e está eufórico para atingir feito histórico

Agência Estado,

13 de março de 2013 | 10h42

ISTAMBUL - O Galatasaray surpreendeu o Schalke 04 fora de casa, venceu por 3 a 2 na última terça-feira, e está nas quartas de final da Copa dos Campeões da Europa. Azarão entre os principais clubes do continente, o time turco não quer parar por aí e já sonha com uma vaga entre os semifinalistas da competição.

"Foi uma vitória merecida. Fizemos um bom trabalho e agora temos que esperar o sorteio. Vai ser complicado, mas é um prazer estar nas quartas", disse o meia Sneijder, projetando o sorteio das quartas de final, que acontecerá nesta sexta. "Nosso objetivo agora é alcançar as semifinais. Terá grandes equipes nas quartas, mas não importa quem enfrentaremos porque vamos lutar como leões", comentou o atacante Burak Yilmaz.

Outro ponto comum entre o discurso de todos os jogadores foi o elogio à torcida do Galatasaray, que apoiou a equipe mesmo na Alemanha. "Nossos torcedores sempre nos apoiam. São incríveis, talvez os melhores do mundo", afirmou Sneijder. "Nossa torcida é a melhor do mundo. Tivemos um apoio incrível da arquibancada", apontou o meio-campista Nordin Amrabat.

Entre tantos depoimentos de celebração, um parecia ter sentimentos misturados. Autor do primeiro gol do Galatasaray, que recolocou a equipe na partida quando o Schalke vencia por 1 a 0, Hamit Altintop não escondeu a felicidade com a vaga, mas lamentou a eliminação do clube alemão, onde atuou de 2003 a 2007.

"Empatar a partida foi bem estranho para mim. Por um lado me senti feliz, mas por outro tive que controlar um pouco minhas emoções. Estou muito feliz pela classificação, mas tenho que parabenizar o Schalke, que jogou de forma brilhante as duas partidas. Espero que os torcedores do Schalke possam me perdoar pelo meu gol", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.