Gallo não crê na anulação do clássico

O técnico Gallo acredita que a CBF não irá anular o clássico contra o Corinthians, uma das partidas que o juiz Edílson Pereira de Carvalho teria ficado de manipular o resultado. ?Ele mesmo declarou que o esquema era para o Corinthians vencer. Imagine o que o Santos passou naquele jogo: enfrentar os onze do Corinthians, mais o juiz?.Segundo o técnico santista, o comportamento do árbitro ?é um absurdo, uma irresponsabilidade muito grande da parte dele, que sabe ter prejudicado muitos torcedores, que são a razão do futebol, e também muitos profissionais?.Por conta da gravidade, Gallo entende que ?os culpados têm de ser punidos com muito rigor?.Gallo foi um dos jogadores do Santos que em 95, deixaram de conquistar o título brasileiro por conta de falhas de arbitragem de Márcio Rezende de Freitas. Perguntado se ele havia se lembrado dessa partida quando soube do escândalo, respondeu: ?a gente lembra de muita coisa e, infelizmente, a gente não pode falar?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.