Gallo poderá repetir escalação no Rio

Coisa rara no Santos: o técnico Gallo vai poder escolher os jogadores que irão atuar, neste domingo, contra o Fluminense. A única ausência será a de Giovanni, que ainda se recupera de contusão muscular e a melhor notícia foi a condenação do lateral-esquerdo Kleber por apenas uma partida de suspensão, pena já cumprida contra o Flamengo. Assim, o Santos terá seus titulares nas duas laterais, fazendo prever uma formação mais ofensiva, bem dentro da característica do time. O volante Zé Elias e o meia Ricardinho (gripado) foram poupados no coletivo desta sexta, dentro da programação da comissão técnica de não forçar os jogadores com muito treinamento, principalmente numa semana de dois jogos decisivos. No primeiro, o clássico contra o Palmeiras, os santistas venceram por 2 a 1 e a expectativa é de uma nova vitória no Rio de Janeiro. O volante Elton e o atacante Diego cumpriram suspensão automática na quarta, mas deverão ficar no banco. Gallo tem reclamado de não poder escalar o mesmo time em duas partidas seguidas, problema que não terá dessa vez. Ele poderia promover o retorno de Elton, mas Zé Elias jogou bem o clássico e será mantido. O mesmo critério vale para o ataque e Gallo manterá a dupla Frontini e Geílson. Eles fazem uma de suas últimas partidas como titulares, devendo abrir as vagas para Luizão e Cláudio Pitbull, que serão incorporados na semana que vem ao elenco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.