Gallo recusa convite do Atlético-MG

O técnico Alexandre Gallo recusou proposta para dirigir o Atlético Mineiro, que dispensou Marco Aurélio ontem à noite, minutos depois da derrota por 3 a 2 para o Fortaleza, em pleno Mineirão. Em entrevista ao programa Arena Sportv, Gallo contou que ficou lisonjeado com o convite, mas revelou que tinha um acordo anterior com um clube japonês. O nome mais cotado para assumir a vaga de Marco Aurélio é Márcio Araújo, que estava no Avaí-SC.Gallo - que deixou o Santos depois da contratação de Nelsinho Baptista - não quis revelar o nome do clube para qual está se transferindo. ?Por enquanto ainda não posso falar. O campeonato está terminando e eu só vou assumir o time depois de encerrada a temporada?, explicou. O treinador revelou ainda que foi sondado pela diretoria do Coritiba, mas também não pôde aceitar.O Atlético está em situação complicadíssima no Campeonato Brasileiro. A equipe ocupa a penúltima colocação com 33 pontos, mesmo número do Brasiliense, que hoje enfrenta o São Paulo e pode somar pontos. Restam oito rodadas para o final e o time mineiro precisa de cinco vitórias para escapar do rebaixamento para a Série B. Nas próximas rodadas, o Atlético terá pela frente, na seqüência, Palmeiras, São Paulo, Goiás Paysandu, Fluminense, Coritiba, Vasco e Juventude.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.