Ramón Vasconcelos / Globo / Divulgação
Ramón Vasconcelos / Globo / Divulgação

Galvão Bueno tem mal-estar em Lima e não narra a decisão da Libertadores

Jornalista é levado para uma clínica, onde passa por um cateterismo. Em seu lugar, a TV Globo anunciou que Luis Roberto vai narrar a partida entre Flamengo x River Plate

Redação, O Estado de S.Paulo

21 de novembro de 2019 | 13h12
Atualizado 21 de novembro de 2019 | 19h28

A TV Globo anunciou que o narrador Galvão Bueno teve um mal-estar na manhã desta quinta-feira e não vai transmitir a decisão da Copa Libertadores entre Flamengo x River Plate, que acontece neste sábado, às 17h (horário de Brasília). A emissora carioca atualizou a nota enviada à imprensa no início da noite para informar que o narrador "está consciente e bem disposto" após o procedimento cirúrgico. 

Galvão foi levado para uma clínica em Lima, local da partida, e passou por um cateterismo para desobstrução de uma artéria coronariana. "O hospital ainda não emitiu um boletim médico mas, em conversa privada com a esposa de Galvão e com a direção de Esporte da Globo, os médicos explicaram que Galvão entrou no hospital com um quadro de infarto e passou por um cateterismo. No procedimento, os médicos disseram que não havia obstrução nas artérias principais. E que, por esse motivo, não foi necessária a colocação de stents. Ele está bem, consciente e bem disposto. Deve ficar de 24 a 48h em observação no CTI."

 

Em seu lugar, a emissora já anunciou que Luis Roberto será o narrador da partida. Confira abaixo nota divulgada pela TV Globo nesta quinta-feira. A emissora havia anunciado na terça-feira que um grupo de 50 profissionais foi enviado para Lima. A partida terá narração de Luis Roberto e comentários de Junior e Walter Casagrande. 

NOTA OFICIAL

Como divulgado mais cedo, nosso companheiro Galvão Bueno se sentiu mal hoje cedo, em Lima, no Peru, onde se encontra para narrar a final da Copa Libertadores, no sábado. Galvão foi levado para a Clínica Anglo-Americana, acompanhado da mulher Desiree Galvão Bueno, e foi prontamente atendido.

O hospital ainda não emitiu um boletim médico mas, em conversa privada com a esposa de Galvão e com a direção de Esporte da Globo, os médicos explicaram que Galvão entrou no hospital com um quadro de infarto e passou por um cateterismo. No procedimento, os médicos disseram que não havia obstrução nas artérias principais. E que, por esse motivo, não foi necessária a colocação de stents. Ele está bem, consciente e bem disposto. Deve ficar de 24 a 48h em observação no CTI.

Todos nós torcemos por uma rápida recuperação. No próximo sábado, Luís Roberto será o narrador da final da Libertadores.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.