Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Galvão desconhece problema com Fisco

O ex-zagueiro Mauro Galvão ficou perplexo ao ser informado sobre a reclamação do fisco do cantão suíço da região de Tessino que o acusa de não ter pago cerca de 230 mil francos suíços - aproximadamente 150 mil euros - de imposto de renda. Ele atuou por seis anos (1990 a 96) no Lugano, da Suíça, que faliu há dois anos.Mauro Galvão, ex-técnico do Botafogo, porém, não vai ser notificado pela justiça suíça. O treinador disputava uma partida de tênis, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, quando recebeu a notícia."Me pegou de surpresa. Não tenho conhecimento sobre essa dívida fiscal. Por isso, nem tenho muito o que falar e, inclusive, vou me inteirar sobre a questão. Às vezes, só indo na Suíça para saber", declarou o ex-jogador.Uma das hipóteses levantada por Mauro Galvão é a de que agremiação suíça não depositou seu imposto de renda, "como havia sido acordado no contrato com o clube europeu". Ele contou que teve conhecimento sobre as enormes dívidas do Lugano, "assim como ocorre no futebol do Rio", que há dois anos foi rebaixado para a Segunda Divisão do Campeonato Suíço. "Isso acontece com muitos jogadores, é algo comum".Outros ex-jogadores e treinadores do Lugano também estão sendo acusados pelo fisco da região de Tessino por causa de impostos atrasados.

Agencia Estado,

12 de outubro de 2004 | 19h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.