Gama aposta na escrita para vencer o líder

A um passo do rebaixamento para 3ª Divisão, o Gama enfrenta o líder Palmeiras neste sábado às 16 horas no Parque Antártica, apostando numa escrita: em quatro jogos oficiais (Copa do Brasil e Série A), o Gama venceu duas vezes e empatou outras duas partidas com o Palmeiras. "Nunca perdemos para o Verdão", diz o lateral-esquerdo Rochinha, numa tentativa de injetar um pouco de ânimo à equipe, que ocupa 23ª colocação na classificação geral com 17 pontos, apenas dois a mais que União São João, que ocupa a lanterna do campeonato. "Ninguém acredita mas podemos reverter esta situação", garante o lateral.O técnico Estevam Soares, no entanto, prefere não depositar suas esperanças no retrospecto. Para enfrentar o líder (40 pontos), Estevão quer o time jogando em velocidade, no contra-ataque. O treinador faz duas alterações no time. O goleiro Luciano Silva substitui Bruno, contundido. Goeber entra no meio-campo em lugar de Fábio Roberto Costa, que cumpre suspensão automática. Mas não definiu ainda se mantém Anderson ou Rodriguinho na armação.Estevam Soares reconhece que a partir de agora cada jogo é uma decisão para o Gama. "Vivemos de fato uma situação delicada, onde não podemos perder jogos, pontos ou gols", diz o técnico. "Mas nada impedirá a nossa vontade de vencer e reverter esta história", diz.Penúltimo colocado e com chances matemáticas (78,2%) expressivas de cair para a 3ª Divisão, o Gama tem sido visto como uma presa fácil. Dos 20 jogos disputados ganhou três, empatou 8 e perdeu 9. Sua última vitória aconteceu no dia 9 de agosto: 1 a 0, justamente sobre o União São João.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.