André Borges/AGIF
André Borges/AGIF

Gama mostra valentia e Santos só empata pela Copa do Brasil

Time da Vila Belmiro fica no zero a zero em partida disputada no Bezerrão

DANIEL BATISTA, O ESTADO DE S.PAULO

20 de julho de 2016 | 23h58

A intenção do técnico Dorival Júnior era levar o que tinha de melhor para tentar fazer um bom resultado e já deixar a classificação antecipada, mas não esperava tamanha dificuldade. No fim, Gama e Santos empataram por 0 a 0, no estádio Bezerrão, em um jogo de poucas chances de gol. A partida da volta acontece na próxima quarta-feira, na Vila Belmiro.

A surpresa foi a postura do Gama. Ao invés da tradicional retranca, a equipe de Brasília mostrou vontade e até se aventurou ao ataque em alguns momentos. O Santos começou lento, talvez sentindo a ausência do trio que está com a seleção brasileira olímpica (Zeca, Thiago Maia e Gabriel) e conseguiu ter uma pequena melhora no segundo tempo. O Gama arriscava em chutes de longa distância, enquanto os visitantes queriam tocar até chegar dentro do gol, sem sucesso.

No segundo tempo, não foi preciso nem um minuto para acontecer um lance que já foi mais relevante do que todo o primeiro tempo. Aos 50 segundos, Copete fez bela jogada pela esquerda, deixou o zagueiro no chão e rolou para o meio. Victor Ferraz desviou para Léo Cittadini, que bateu de primeiro e Pedrão salvou em cima da linha.

Minutos depois, Copete chutou da entrada da área e o goleiro fez a defesa. Aos 22, novamente  Maringá fez a diferença. Lucas Lima recebeu lançamento dentro da área e antes de chutar, foi travado pelo goleiro. E quase o goleiro  entregou o jogo aos 44. Ele tentou dividir um chute com Paulinho e por pouco não levou um frango. No fim, o Gama comemorou o empate.

FICHA TÉCNICA:

GAMA (4-5-1): Maringá; Dudu Gago, Pedrão, Murilo e Felipe Assis; Eduardo, Michel Pires, David, Jeferson (Ítalo) e Marcos Bahia (Marlos); Roberto Pítio (Raone). Técnico: Reinaldo Gueldini.

SANTOS (4-3-3): Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Caju; Yuri, Léo Cittadini (Vecchio) e Lucas Lima; Vitor Bueno (Paulinho), Copete e Rodrigão (Joel). Técnico: Dorival Júnior.

Juiz: Adriano Milczvski (PR).

Cartões amarelos: Gustavo Henrique, Paulinho e Lucas Lima.

Público: 12.066 pagantes.

Renda: Não divulgada.

Local: Bezerrão, em Gama.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.