Eloy Alonso/Reuters
Eloy Alonso/Reuters

Gameiro sai do banco, marca três e Atlético goleia o Gijón no Espanhol

Francês marcou três gols em menos de dez minutos para definir o jogo

Estadao Conteudo

18 Fevereiro 2017 | 12h06

O francês Kevin Gameiro precisou de somente meia hora em campo para resolver um confronto até então difícil para o Atlético de Madrid neste sábado. O time da capital empatava com o Sporting Gijón, fora de casa, quando o atacante entrou e marcou três vezes seguidas para definir a goleada por 4 a 1, que recoloca os madrilenhos próximos aos líderes do Campeonato Espanhol.

O resultado levou o Atlético a 45 pontos, ainda na quarta colocação do Espanhol. A equipe está um ponto atrás do Sevilla e dois do Barcelona, que ainda atuam na rodada. O Gijón, por sua vez, desperdiçou a chance de pontuar diante de um grande do país e parou nos 16 pontos, abrindo a zona de rebaixamento.

Apesar da goleada, o placar não mostra o que foi o jogo, equilibrado em seus primeiros 60 minutos. No primeiro tempo, em particular, o Gijón chegou a ser melhor em diversos momentos e ameaçou o gol de Moyá, mas não conseguiu marcar.

Se as equipes erraram na pontaria e desperdiçaram diversas chances na etapa inicial, depois do intervalo marcaram logo na primeira oportunidade. Com apenas 15 segundos, o Atlético de Madrid saiu na frente. Na saída de bola, Fernando Torres desviou de cabeça e Carrasco arrancou. Dentro da área, bateu mascado, o goleiro soltou e ele mesmo tocou para a rede.

Só que a resposta do Gijón também foi relâmpago, e os donos da casa igualaram o placar aos três minutos. Sergio Álvarez recebeu cruzamento da esquerda, dominou no peito e bateu bonito, cruzado, sem chances para o goleiro.

O equilíbrio seguiu como tônica do confronto. Aos 16 minutos, no entanto, Diego Simeone lançou Gameiro na vaga de Ángel Correa, apostou no atacante que não marcava desde 7 de novembro no Campeonato Espanhol e mudou o jogo.

Aos 34 minutos, o atacante francês provou que a aposta de Simeone estava correta. Griezmann recebeu na meia-lua e deu toque preciso no meio da zaga para seu compatriota, que limpou o goleiro e marcou.

O gol deixou o Gijón atordoado, e o Atlético aproveitou para arrancar nos minutos seguintes. Aos 35, a defesa da casa saiu jogando errado, Thomas Partey roubou e deixou para Gameiro, que bateu cruzado para marcar. Quatro minutos depois, o francês voltou a receber passe preciso de Griezmann para marcar seu terceiro e selar o placar.

O Atlético de Madrid agora volta as atenções para a Liga dos Campeões, já que inicia o confronto de oitavas de final com o Bayer Leverkusen nesta terça-feira, na Alemanha. Já o Sporting Gijón volta a campo diante do Celta de Vigo no domingo que vem, em casa, pelo Espanhol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.