Gana enfrentará Brasil em setembro após cancelamento do Egito

A seleção brasileira de futebol enfrentará Gana em Londres no dia 5 de setembro, informou a Confederação Brasileira de Futebol nesta quarta-feira. A convocação da equipe para esta partida será feita na quinta-feira.

REUTERS

17 de agosto de 2011 | 11h42

Inicialmente, a seleção enfrentaria o Egito, no Cairo, no dia 6 de setembro, mas o amistoso foi desmarcado a pedido da federação egípcia de futebol, que argumentou problemas de segurança para a realização do jogo.

O julgamento do ex-líder egípcio Hosni Mubarak, deposto neste ano em meio a uma revolta popular, está marcado para o dia 5 de setembro, que seria a véspera da partida contra o Brasil.

A partida contra Gana será disputada no estádio Craven Cottage, pertencente ao Fullham, às 15h45 (horário de Brasília).

O Brasil busca recuperar-se da derrota por 3 x 2 sofrida diante da Alemanha, na semana passada, quando a CBF anunciou os amistosos que serão realizados até o final do ano.

Haverá dois amistosos contra a Argentina, em 14 e 28 de setembro, apenas com jogadores que atuam nos campeonatos nacionais dos dois países.

Após as partidas de setembro, a seleção jogará contra a Costa Rica em 7 de outubro, na cidade mexicana de Torreón, onde também enfrentará os donos da casa quatro dias depois. No dia 11 de novembro, o adversário será o Gabão, na África, e ainda haverá um jogo contra Suíça ou Inglaterra.

Em um ano de trabalho do técnico Mano Menezes, o Brasil não conseguiu vencer nenhum clássico contra rivais importantes. Além da derrota para a Alemanha em Stuttgart, a equipe perdeu por 1 x 0 para França e Argentina e ficou num empate sem gols com a Holanda, em Goiânia.

Mano obteve seis vitórias, quatro empates e três derrotas nas 13 partidas que fez com a seleção. Nesse caminho, a equipe foi eliminada pelo Paraguai nas quartas de final da Copa América, nos pênaltis, com apenas uma vitória em quatro jogos.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTAMISTOSOGANA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.