Gana quer apresentar recurso contra suspensão de Gyan

A Federação de Futebol de Gana quer apresentar um recurso contra o segundo cartão amarelo mostrado ao atacante Asamoah Gyan no jogo contra a República Tcheca no último sábado, anunciou nesta segunda-feira o porta-voz da entidade Randy Abbey. Gyan foi punido por ter cobrado um pênalti antes do apito do árbitro. Entretanto, o atacante disse que ele havia escutado um assobio. O goleiro tcheco também afirmou que havia ouvido algo. O segundo cartão amarelo fez com que Gyan fique suspenso para o próximo jogo de sua seleção, contra os Estados Unidos, que será disputado na próxima quinta, em Nuremberg. Todas os quatro times do Grupo E (Gana, EUA, Itália e República Checa) têm chance de classificação para as oitavas-de-final do Mundial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.