Gana vence e deve enfrentar o Brasil nas oitavas da Copa

O continente africano terá, pelo menos, um representante nas oitavas-de-final da Copa do Mundo da Alemanha. A seleção de Gana conseguiu derrotar nesta quinta-feira os Estados Unidos por 2 a 1 e garantiu a segunda colocação do Grupo E - agora, os ganenses vão enfrentar o Brasil, que terminou em primeiro no Grupo F.Os Estados Unidos precisavam vencer para conseguir a classificação. No entanto, o técnico Bruce Arena armou um esquema com cinco jogadores no meio-de-campo, deixando o atacante Mc Bride isolado na frente. O resultado foi que a seleção ganense conseguiu ser mais perigosa e deu muito trabalho ao goleiro Keller.O primeiro gol de Gana saiu aos 21 minutos do primeiro tempo, quando o meia Draman roubou a bola do capitão norte-americano Reyna, invadiu a área e bateu cruzado na saída de Keller. Os jogadores dos Estados Unidos pediram falta, mas o árbitro alemão Markus Merk não marcou - nesse lance, Reyna se machucou e acabou sendo substituído no decorrer da partida.Após o gol, Gana teve inúmeras oportunidades para ampliar. Só que aos 42 minutos, o meia norte-americano Beasley roubou a bola e cruzou para o meia Dempsey, que bateu de primeira, sem chances para o goleiro Kingson - foi o centésimo gol da Copa do Mundo da Alemanha.Cinco minutos depois, o zagueiro norte-americano Onyewu derrubou o atacante Pimpong na área e o juiz marcou pênalti. Na cobrança, o meia Appiah bateu forte, sem chances para Keller, e marcou o segundo gol de Gana.No segundo tempo, o técnico de Gana, Ratomir Dujkovic, tirou o atacante Amoah para colocar o meia Eric Addo, enquanto os Estados Unidos trocaram o zagueiro Cherundolo pelo atacante Johnson. O resultado foi que a seleção norte-americana passou a pressionar, enquanto Gana só atacava nos contra-ataques - geralmente com o atacante Pimpong.Aos 20 minutos do segundo tempo, o atacante Mc Bride conseguiu desviar um cruzamento e acertou a trave direita do goleiro Kingson, na seqüência, a zaga de Gana conseguiu afastar. A pressão norte-americana continuou - o atacante Mc Bride se movimentava muito bem na frente. No entanto, a seleção de Gana abusou das faltas (foram 32) e conseguiu segurar o resultado até o final da partida.Classificada, Gana poderá enfrentar o Brasil nas oitavas-de-final. Para isso, a seleção brasileira precisará terminar em primeiro do Grupo F - o meia ganense Essien recebeu o segundo cartão amarelo e não poderá participar da próxima fase.Ficha técnica:Gana 2 x 1 Estados UnidosGana - Kingson; Pantsil, Mensah, Shilla e Mohamed; Boateng (Otto Addo), Essien, Draman (Tachie-Mensah) e Appiah; Pimpong e Amoah (Eric Addo). Técnico: Ratomir Dujkovic. Estados Unidos - Keller; Cherundolo (Johnson), Onyewu, Conrad e Bocanegra e Lewis (Convey); Dempsey, Reyna (Olsen), Donovan e Beasley; McBride. Técnico: Bruce Arena.Gols: Draman, aos 21, Dempsey, aos 42, e Appiah aos 47 do primeiro tempo.Cartões amarelos: Essien, Lewis, Shilla, Mensah e Appiah. Árbitro: Markus Merk (Alemanha).Local: Franken-Stadion, em Nuremberg.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.