Gandulas da abertura da Copa das Confederações são apresentados

Jovens de 14 a 16 anos fazem parte de um grupo de 138 garotos e garotas que foram selecionados

AE, Agência Estado

11 de abril de 2013 | 16h29

BRASÍLIA - Foram apresentados nesta quinta-feira em Brasília os 17 adolescentes que irão trabalhar como gandulas na partida inaugural da Copa das Confederações, entre Brasil e Japão, no dia 15 de junho, no Estádio Nacional. Os jovens de 14 a 16 anos fazem parte de um grupo de 138 garotos e garotas que foram selecionados nas cidades sedes da competição.

Os 17 que atuarão em Brasília são oriundos dos times do Olímpia de Ceilândia (meninos) e do Aliança Futebol Clube, de Goiânia (meninas). Até serem selecionados, passaram por várias etapas. Primeiro, participaram da Copa Coca-Cola, um torneio de futebol realizado em todo o País. Os vencedores das etapas regionais e da etapa nacional passaram por treinamento teórico e prático, organizado pela Coca (que é patrocinadora da Fifa), no início de março.

Durante a cerimônia de apresentação dos 17 gandulas que atuarão na abertura (desses, três são reservas), os jovens receberam o apoio de autoridades. "Quero parabenizar pela dedicação, pela competência e tenho certeza de que a experiência será maravilhosa para todos vocês. Vocês vão representar os jovens de todo o centro-oeste brasileiro", disse o governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa das Confederações

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.