Mario Ruiz/EFE
Mario Ruiz/EFE

Ganso comemora vitória e vê São Paulo como um time guerreiro

Meia destaca a dedicação que os jogadores mostraram para garantir a classificação para as oitavas de final da Copa Sul-Americana

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

15 de outubro de 2014 | 22h29

O meia Ganso foi o autor do gol mais bonito da vitória do São Paulo por 3 a 2 sobre o Huachipato, nesta quarta-feira, no Chile, resultado que assegurou o São Paulo nas quartas de final da Copa Sul-Americana. Na opinião do camisa 10 são-paulino, a classificação foi conquistada graças a muita vontade do time. 

"Nosso time foi guerreiro, porque sofremos bastante pressão. Jogamos bem mesmo muito tempo com o um jogador a menos (Denilson foi expulso) e acabou sendo uma classificação com muito suor. Conseguimos nos defender e o Boschilia matou o jogo. Essa aqui foi na raça", comemorou o meia, logo na saída do campo, em entrevista à Fox Sports.

Em relação ao seu belo gol, que saiu em um chute após boa triangulação de Alexandre Pato e Alan Kardec, o meia disse que soube aproveitar uma falha de posicionamento do goleiro. "Eu peguei de chapa na bola, peguei bem e foi uma bela jogada. Quando vi o goleiro posicionado, decidi colocar no canto e deu certo. Mas mais importante do que o gol foi a nossa classificação", explicou.

Classificado na Sul-Americana, o São Paulo aguarda o classificado do confronto entre Goiás e Emelec, que também jogam nesta quarta-feira. No Campeonato Brasileiro, o time enfrenta o Bahia, sábado, no estádio do Morumbi.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.