Francois Lo Presti/AFP
Francois Lo Presti/AFP

Ganso dá assistência em estreia, mas Amiens é derrotado pelo Lille no Francês

Meia brasileira entrou em campo aos 26 minutos da segunda metade, quando o marcador já estava em 2 a 0 para os visitantes

Estadão Conteúdo

15 Setembro 2018 | 18h54

A estreia de Paulo Henrique Ganso no modesto Amiens não foi a que o brasileiro gostaria. Conhecido pelo toque de bola refinado, o meia entrou no segundo tempo e deu uma assistência para um dos dois gols da equipe, mas não conseguiu evitar a derrota por 3 a 2 para o Lille neste sábado, no estádio do Unicórnio.

Emprestado ao Amiens com a promessa de que terá a chance de atuar por longos minutos e ser o protagonista do time que disputa apenas pela segunda vez a primeira divisão do Campeonato Francês, ao contrário do que aconteceu no Sevilla, no qual foi preterido, Ganso entrou em campo no lugar do colombiano Juan Otero aos 26 minutos da etapa final, quando o placar já marcava 2 a 0 para os visitantes.

Quatro minutos depois de o brasileiro pisar no gramado pela primeira vez com a camisa do novo time, o marfinense Nicolas Pepe, autor dos outros dois gols do Lille, marcou o terceiro gol da equipe visitante, deixou a vitória bem encaminhada e roubou a cena na estreia do ex-jogador de Santos e São Paulo.

Ganso não foi protagonista da partida, mas lembrou o meia que encantou a todos com uma bela assistência que deixou o polonês Kurzawa em frente ao goleiro para diminuir o marcador aos 34 minutos. A entrada de Ganso pode ter empolgado o Amiens de alguma forma, já que a equipe, além do gol, teve um pênalti a seu favor que Konate, no entanto, desperdiçou.

Nos acréscimos, o iraniano Ghoddos ainda fez o segundo gol do Amiens, que não teve forças e mais tempo para empatar a partida. O novo time de Ganso, que busca reconstruir sua carreira, é o 15º colocado, com quatro pontos, e beira a zona de rebaixamento, onde a equipe pode entrar caso os que lá estão vençam seus jogos no domingo.

O Lille, que tem os brasileiros Thiago Maia e Thiago Mendes em seu elenco - o primeiro foi titular neste sábado, e deu lugar ao segundo na etapa final -, faz um bom começo de campeonato e assumiu a vice-liderança provisória do torneio, com dez pontos, cinco a menos que o líder Paris Saint-Germain.

OUTROS JOGOS

Nas outras partidas da quinta rodada neste sábado, o Monaco amargou seu quarto jogo sem vitória ao empatar em 1 a 1 com o Toulouse, fora de casa. Também empataram Caen e Lyon, por 2 a 2, e Montpellier e Strasbourg, por 1 a 1. Longe de sua torcida, o Angers derrotou o Dijon por 3 a 1 e deixou a zona de descenso.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.