Lance | 04.02.2015
Lance | 04.02.2015

Ganso defende Maicon e pede apoio da torcida do São Paulo

Apesar de ter participado diretamente em dois gols do Tricolor durante a partida, volante foi vaiado pelos torcedores no Pacaembu

FERNANDO FARO, O Estado de S. Paulo

05 de fevereiro de 2015 | 19h21

As vaias de parte da torcida do São Paulo a Maicon deixaram os jogadores visivelmente incomodados. Ao falar sobre a situação, os atletas defenderam o companheiro e mostraram não entender o comportamento de alguns são-paulinos durante a vitória por 4 a 2 sobre o Capivariano na última quarta-feira, no Pacaembu.

Para Paulo Henrique Ganso, Maicon não merecia as críticas que sofreu em campo. O camisa 18 iniciou a jogada do primeiro gol e deu o passe para o segundo, ambos marcados por Alexandre Pato, além de mandar uma cabeçada na trave.

"O Maicon fez uma baita partida, a cobrança vem de torcedor que quer títulos pelo São Paulo. Estamos em busca disso, a vaia tem que ir para o adversário não para a gente. Eles precisam nos apoiar para que continuemos fortes na briga pelos títulos que estamos disputando", ponderou.

" SRC="/CMS/ICONS/MM.PNG" STYLE="FLOAT: LEFT; MARGIN: 10PX 10PX 10PX 0PX;" CLASS="IMGEMBED

As ofensas a Maicon não foram o único momento que causaram estranheza. Em determinado momento, alguns são-paulinos gritaram que conquistar a Libertadores era obrigação. A temperatura deve subir ainda mais, já que a goleada do Corinthians sobre o Once Caldas por 4 a 0 praticamente garantiu o arquirrival na rota são-paulina no torneio.

Ganso reconhece a importância do confronto com o adversário, mas nega que o duelo coloque qualquer carga extra de pressão no São Paulo. "O Corinthians não pesa, acho que dificilmente não passa, mas assim como o São Paulo pode ser eliminado na primeira fase, o Corinthians também pode ser. Estamos trabalhando para isso, esquecendo as questões extracampo e focando no trabalho. Estaremos preparados."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCGanso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.