Ricardo Saibun/Divulgação
Ricardo Saibun/Divulgação

Ganso e André treinam e devem reforçar Santos contra Figueirense

Meia está recuperado de lesão e atacante depende de liberação da CBF

SANCHES FILHO, Agência Estado

14 de agosto de 2012 | 14h26

SANTOS - O Santos pode ter duas importantes novidades para o confronto diante do Figueirense, na quinta-feira, pela 17.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O meia Paulo Henrique Ganso, de volta da seleção brasileira, e o atacante André, contratado na última semana, treinaram normalmente nesta terça e podem ir para a partida.

Ganso está praticamente confirmado. Ele está recuperado fisicamente de uma lesão na coxa esquerda. O meia foi cortado da seleção antes do amistoso contra a Suécia por "motivos técnicos". Nesta terça, no entanto, foi um dos destaques do treino, marcando dois gols e dando duas assistências.

O técnico Muricy Ramalho comandou uma atividade com os jogadores divididos em três equipes, em uma metade do campo. No mesmo time de Ganso estava André. O atacante depende do registro de seu nome no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, mas se estiver regularizado vai para o jogo.

Por outro lado, o Santos pode não ter o volante Henrique, que passa por um período de repouso por causa de dores no púbis. Também estiveram fora do treinamento o zagueiro Durval, que sentiu dores no tornozelo esquerdo, e o meia Patito, liberado para resolver problemas particulares, mas eles devem enfrentar o Figueirense.

O goleiro Rafael está em fase final de recuperação, mas só deve voltar no clássico contra o Corinthians, no domingo. A dúvida fica por conta do atacante Neymar, que joga no amistoso da seleção brasileira, na quarta. Ele seria desfalque, mas o Santos deve fretar um jatinho para que o craque esteja em campo.

Desta forma, e com o desfalque certo de Felipe Anderson, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o Santos deve enfrentar o Figueirense com: Aranha; Bruno Peres, Bruno Rodrigo, Durval (Everton Páscoa) e Juan; Arouca, Adriano, Patito e Ganso; Neymar e André.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.