Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Ganso nega empolgação com boa fase: 'Um dia você presta e no outro, não'

Meia relembra de período ruim no clube e afirma que críticas nunca vão terminar

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

20 de maio de 2014 | 16h55

SÃO PAULO - O meia Paulo Henrique Ganso, do São Paulo, demonstrou cautela nesta terça-feira ao falar da boa fase vivida do time. O jogador explicou que no futebol tudo muda rápido e mesmo as atuações decisivas nas últimas partidas podem ser apagadas caso volte a jogar mal no jogo desta quarta-feira, contra o Fluminense, no Maracanã, pelo Brasileirão.

O camisa 10 marcou os dois gols na vitória sobre o Flamengo, no último domingo, e foi bastante elogiado pelo técnico Muricy Ramalho e pelo goleiro Rogério Ceni. "Você ir bem no domingo não te garante nada. Tem de continuar trabalhando forte para seguir como titular na quarta. No futebol, você presta num dia e não presta no outro", afirmou.

Os altos e baixos do jogador têm sido comuns desde a chegada ao São Paulo, em agosto de 2012. Recebido com festa na apresentação à torcida e em sua estreia, demorou para ser encaixado no time titular. Mesmo no começo deste mês, contra o Coritiba, ficou no banco de reservas e reclamou da opção do técnico. Desde então, conseguiu se destacar e tem sido um dos melhorses do time.

"Sempre temos que manter a regularidade, treinar muito e saber que a cobrança sempre será grande porque ser o camisa dez do São Paulo não é para qualquer um", admitiu o jogador, que nesta temporada já deu seis assistências para os companheiros.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCGansoBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.