JF Diório/Estadão
JF Diório/Estadão

Ganso precisará mudar estilo se quiser vaga no São Paulo

Treinador acha que encontrou o time sem o camisa 10, que perde espaço

Fernando Faro, O Estado de S. Paulo

25 de fevereiro de 2014 | 05h00

SÃO PAULO - Se quiser recuperar seu espaço no São Paulo, Paulo Henrique Ganso precisará se readaptar ao time e mudar suas características. Muricy Ramalho acredita que a partida contra o Santos foi importante para finalmente encontrar a forma de a equipe jogar, e ela não inclui o camisa 10 e seu estilo.

“Faço tudo pelo time, não tenho jogador de confiança, tenho jogador que ganha espaço no campo. Basta ver o que estávamos fazendo e o que fizemos contra o Santos”, disse o treinador após o clássico.

Sem o meia no campo, o Tricolor teve mais movimentação ofensiva e melhorou a recomposição sem a bola, dois dos pontos mais cobrados pelo treinador. Com Pabon recuado para a armação, o time conseguiu neutralizar o Santos e ainda foi mais veloz para atacar.

“A diferença é visível. Com o Ganso temos um último passe incrível, sem ele ganhamos em velocidade, ele é muito mais técnico e cadenciado. O Muricy saberá a hora de colocá-lo, dá prazer correr para que ele dê esses bons passes, mas é tudo uma circunstância de jogo”, opinou Souza.

Curiosamente, na última passagem pelo São Paulo Muricy clamava por um meia de ligação e precisou se virar sem ser atendido pela diretoria. Agora, cobra que seu talentoso pupilo mostre serviço. “Aqui todo mundo corre atrás. Dirijo um elenco, não alguns jogadores. Se não der chance para todos, estou perdido.”

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.