Anne-Christine Poujoulat/AFP
Anne-Christine Poujoulat/AFP

Gareca admite decepção, mas diz que seleção peruana deixou 'imagem positiva'

Técnico argentino aprova participação da equipe na Copa do Mundo

Estadão Conteúdo

21 Junho 2018 | 16h54

Depois de 36 anos fora da Copa do Mundo, o Peru viu a esperança de ir às oitavas de final cair por terra depois de apenas dois jogos na Rússia. A eliminação precoce, com uma rodada de antecipação, veio nesta quinta-feira com a derrota por 1 a 0 para a França. A decepção é inevitável, mas o técnico Ricardo Gareca considerou que seus comandados deixaram uma "imagem positiva" no torneio.

+ Deschamps celebra vaga antecipada, mas admite: 'A França ainda não se soltou'

+ Saiba quem já está classificado para as oitavas e quem dá adeus à Copa do Mundo

"Tínhamos outras expectativas, a equipe entregou tudo o que tinha em campo nas duas partidas. Resta uma, em que teremos que tocar em frente pelas pessoas que vieram nos ver e para acabar da melhor maneira. Não tenho nada a reclamar dos garotos, enquanto a imagem que deixou o Peru foi positiva", declarou após a partida.

De fato, o Peru foi superior à Dinamarca na derrota da estreia, também por 1 a 0, e teve bons momentos contra a França, principalmente no segundo tempo. Gareca avaliou que a experiência neste Mundial pode servir para o sucesso futuro da seleção, após tanto tempo distante da principal competição de futebol do mundo.

"Esta experiência vai nos servir muito. Poder competir neste nível é importante. Nossa intenção era vir aqui e competir, e é onde estamos. Ambicionamos coisas melhores, mas me parece que com o tempo e o crescimento, isso vai potencializar", comentou.

 

Gareca também elogiou seu principal jogador, Paolo Guerrero. Depois de começar no banco na estreia e perder o gol que resultou no gol francês nesta quinta, após desperdiçar ótima chance no ataque, o atacante do Flamengo foi alentado pelo treinador: "Fez o que pôde".

Em busca de seus primeiros pontos no Mundial e de uma despedida mais alegre para sua torcida, o Peru se despede da competição contra a Austrália na terça-feira que vem, em Sochi.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.