Marcos Brindicci/Reuters
Marcos Brindicci/Reuters

Gareca diz que derrota da seleção peruana foi injusta: 'Eles foram mais efetivos'

Treinador argentino lamenta chances perdidas pelos peruanos diante da Dinamarca

Estadão Conteúdo

16 Junho 2018 | 16h22

O técnico da seleção peruana, o argentino Ricardo Gareca, considerou injusta a derrota por 1 a 0 para o Dinamarca neste sábado na Arena Mordovia, em Saransk, pela primeira rodada do Grupo C da Copa do Mundo.

+ TEMPO REAL: Peru 0 x 1 Dinamarca

+ Messi perde pênalti, e Argentina empata com a Islândia na estreia da Copa

"A partida em linhas gerais foi como imaginávamos. Fomos em busca do placar, foi disputado. As duas seleções buscavam ganhar, mas nesse contexto acredito que o Peru teve mérito de conseguir se impor", afirmou.

A seleção peruana de fato foi melhor em campo e teve boas chances de abrir o marcador e, depois, perdeu mais algumas oportunidades para empatar. Cueva desperdiçou um pênalti quando o duelo estava empatado e Guerrero, que entrou no segundo tempo, quase mandou para as redes de calcanhar.

"Eles (Dinamarca) foram mais efetivos. Não tenho nada o que reprovar dos meus jogadores. Mas o futebol é efetividade. O que me deixa tranquilo foi a atitude da nossa seleção. Lamentavelmente com a quantidade e o apoio do público não pudemos dar o que queríamos", disse o treinador.

 

A Dinamarca chegou ao gol da vitória em um contra-ataque. O meia Eriksen, do Tottenham, recebeu com liberdade e deixou Poulsen na cara do gol. O atacante dinamarquês tirou do goleiro e garantiu os três pontos.

"Independentemente da grande seleção que enfrentamos, o resultado nada teve a ver com a desorganização em campo. Por isso acho que não há pressão em cima da gente. Temos contado com um apoio muito grande, mais do que imaginávamos", finalizou.

O duelo contra a Dinamarca era um jogo chave para buscar a classificação no Grupo C. A França é considerada favorita e deve ficar com a primeira colocação. Com isso, a partida em Saransk, na teoria, seria uma disputa pelo segundo lugar.

A França venceu a Austrália na estreia por 2 a 1 e tem os mesmos três da Dinamarca. A segunda rodada do Grupo C está marcada para quinta-feira. O Peru enfrentará a França em Ecaterimburgo, às 12h (de Brasília). A Dinamarca jogará contra a Austrália, às 9h, em Samara.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.