Garotos são a bola da vez nos grandes

Diego Tardelli, do São Paulo, Wendell, do Corinthians, Glauber, do Palmeiras e Daniel, do Santos. Provavelmente você nunca - ou quase - ouviu falar neles e deve imaginar que fazem parte das categorias de base dos quatro grande clubes de São Paulo. Errou, no entanto, quem apostou nessa opção. Eles integram o grupo profissional e a maioria vai aparecer na rodada do fim de semana, nas transmissões pela tevê. Não se considere mal-informado por isso. A questão é que os dirigentes mudaram radicalmente de comportamento e, nos últimos meses, abdicaram totalmente das contratações para investir tudo na criançada de 17, 18 ou 19 anos.Leia mais no Estadão

Agencia Estado,

12 de julho de 2003 | 09h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.