Marco Miatelo/Estadão
Marco Miatelo/Estadão

Garrafada no bandeira é relatada na súmula e Corinthians pode ser punido

Por causa do mando de campo, Portuguesa também deve ser julgada pelo STJD

Vanderson Pimentel, O Estado de S. Paulo

30 de setembro de 2013 | 11h31

SÃO PAULO - Depois de apontar impedimento de Emerson Sheik (de forma correta) em gol do Corinthians marcado por Alexandre Pato, o bandeirinha Bruno Salgado Rizo foi atingido na cabeça por uma garrafa de água, atirada por um torcedor que se localizava entre os corinthianos no Estádio Morenão, em Campo Grande, para onde a Portuguesa resolveu levar a partida. O lance, que aconteceu aos 8 minutos do segundo tempo, foi relatado na súmula da goleada sofrida pela equipe de Parque São Jorge 4 a 0 contra a

Por causa do mau comportamento de sua torcida, o Corinthians já perdeu dois mandos de campo neste Campeonato Brasileiro. Após a briga com torcedores do Vasco, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, a equipe paulista terá de jogar contra Bahia e Atlético-PR no Estádio Romildo Ferreira, em Mogi Mirim. Além das punições no Brasileirão, o Corinthians também cumprirá suspensão na Copa do Brasil, depois que torcedores do time usaram sinalizadores em partida contra o Luverdense, fora de casa, na derrota por 1 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.