Kirsty Wigglesworth/APG
Kirsty Wigglesworth/APG

Gary Lineker irá dirigir sorteio da Copa do Mundo de 2018

Artilheiro do Mundial do México em 1986 será acompanhado pela jornalista esportiva russa Maria Komandnaya

O Estado de S.Paulo

17 Novembro 2017 | 11h11

MOSCOU - O ex-jogador inglês Gary Lineker, atual comentarista de televisão, será responsável por digirir o sorteio da Copa do Mundo da Rússia de 2018, que será realizado em 1 de dezembro no Palácio do Kremlin, segundo anunciou nesta sexta-feira a Fifa.

+ Brasil empata com a Inglaterra no 1º teste de Tite contra europeu

Lineker, artilheiro do Mundial do México em 1986, será acompanhado pela conhecida jornalista esportiva russa, Maria Komandnaya, afirma o comunicado. "Como jogador tive a sorte de participar de duas Copas do Mundo. É muito especial estar envolvido em outro torneio, agora em cima do palco", comentou Lineker.

Ex-jogador do Tottenham, Barcelona e Leicester, Lineker lembrou como ficava ansioso à espera do sorteio para o Mundial. "Sei o quão excitante é", disse Lineker, que se viu envolvido em uma polêmica nas últimas semanas por criticar repetidamente o rendimento do atacante do Real Madrid Karim Benzema, o que valeu uma crítica do técnico Zinedine Zidane.

Sobre o inglês, o vice-secretário-geral da Fifa, Svonimir Boban, destacou que é uma "honra" ele ter aceitado o convite devido à brilhante carreira tanto como jogador como comentarista, agora na BBC.

A cerimônia, na qual Linkeker e Komandnaya contarão com a ajuda de várias lendas do futebol mundial, começará às 19h local (13h, em Brasília) de 1 de dezembro.

O Grupo A inclui os cabeças-de-chave, entre eles o atual campeão do Mundo, Alemanha; o da Europa, Portugal; o anfitrião, Rússia, além de Brasil, Argentina, França, Bélgica e Polônia. No segundo grupo, o B, figuram equipes tradicionais como Inglaterra, Uruguai, Espanha e Croácia.

México, Colômbia e Peru, que há 36 anos não participava de um Mundial, também estarão nessa urna, junto com a Suíça. O Grupo C será formado por Dinamarca; Suécia, que eliminou qualquer chance da Itália na repescagem; Islândia, que fará a estreia em um Mundial, além de Tunísia, Egito, Senegal, Irã e Costa Rica.

Finalmente, no último grupo entram Panamá, que também estreará em Copas do Mundo, Sérvia, Nigéria, Marrocos, Austrália, que eliminou Honduras na repescagem, Arábia Saudita, além de Japão e Coreia do Sul.

Segundo as regras do sorteio, não podem estar no mesmo grupo equipes do mesmo continente, com exceção dos times europeus./ EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.