Ciro de Luca/Reuters
Ciro de Luca/Reuters

Gattuso diz que 'preferia levar facada' a ver Milan levar gol de goleiro

Equipe rossonera levou o empate no último segundo diante do Benevento, lanterna do Campeonato Italiano

Estadão Conteúdo

03 de dezembro de 2017 | 15h42

Gennaro Gattuso não aceitou bem o empate sofrido no último segundo diante do Benevento, neste domingo, em sua estreia como técnico do Milan. O ex-volante mostrou-se bastante irritado após o apito final pelo gol marcado pelo goleiro Brignoli, que foi para a área aos 49 minutos e garantiu o empate aos donos da casa.

+ Goleiro do Benevento marca de cabeça e garante empate com o Milan

+ Perisic faz três, Inter goleia o Chievo e assume liderança do Italiano

"Machuca. Eu preferia levar uma facada, seria menos doloroso do que aquele gol. Eu nunca poderia esperar conceder um gol no último minuto com o goleiro adversário marcando", lamentou Gattuso.

Bonaventura abriu o placar para o Milan neste domingo, Puscas empatou e Kalinic voltou a colocar os visitantes em vantagem. O duelo parecia selado quando Brignoli marcou o gol histórico, que deu ao Benevento seu primeiro ponto na elite italiana em todos os tempos, após 14 rodadas em branco.

Imediatamente, Brignoli se transformou em herói do Benevento. E ele parecia não acreditar no feito alcançado. "Eu não tinha nada a perder. Eu apenas fechei meus olhos e pulei. Foi um gol de goleiro, não um gol de atacante", descreveu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.