Miguel Medina/AFP
Miguel Medina/AFP

Gattuso diz que vantagem do Milan é enganosa, mas avisa que poupará titulares

Equipe italiana defende placar de 3 a 0 construído na ida diante do Ludogorets, fora de casa, pela Liga Europa

Estadão Conteúdo

21 de fevereiro de 2018 | 17h06

O Milan venceu o jogo de ida contra o Ludogorets por 3 a 0, fora de casa, e nesta quinta-feira, no estádio San Siro, pode até perder por dois gols de diferença que se garante nas oitavas de final da Liga Europa. A boa vantagem também é a principal preocupação do técnico Rino Gattuso.

+ Real Madrid bate Leganés de virada e assume a 3ª posição do Campeonato Espanhol

+ Após investigação da FA, Firmino se livra de acusação de racismo

"Trabalhos o aspecto técnico e tático para a partida. Mas a minha principal preocupação é que a gente subestime o nosso adversário. Preciso convencer os garotos que não vai ser fácil. A vantagem do primeiro jogo pode ser enganosa. Temos que respeitar o Ludogorets", pediu o treinador.

Se avançar para a próxima fase, o Milan precisará aguardar pelo sorteio que ocorrerá na sexta-feira para conhecer o futuro adversário. "Não podemos pensar no próximo jogo. O foco está no jogo de amanhã (quinta-feira). Minha prioridade é manter o Milan nesse momento de resultados positivos e aprimorar o time", prosseguiu.

Além de ter a vaga encaminhada na Liga Europa, o Milan também vive bom momento nas outras duas competições que disputa. Na Copa da Itália, o time disputará a semifinal contra a Lazio, fora de casa, na próxima quarta-feira.

No Campeonato Italiano, a equipe vem de uma série de sete jogos de invencibilidade, com cinco vitórias e dois empates. A última derrota no torneio nacional aconteceu na partida contra o Atalanta, em 23 de dezembro, quando perdeu por 2 a 0.

"Não podemos errar em nenhuma dessas três competições. No Italiano, perdemos muitos pontos pelo caminho à toa. Na Liga Europa e na Copa da Itália, se você errar, está fora. Agora as coisas parecem fáceis, mas não é verdade", afirmou.

As três competições, também, obrigam Gattuso a fazer um revezamento na equipe titular. E, apesar de pedir aos jogadores que não subestimem o adversário, deu a entender que poupará alguns titulares. "Essa sequência de jogos nos afeta fisicamente, o que é natural. Amanhã vou analisar quem está mais desgastado e tentar dar um descanso."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLiga EuropaMilanGattuso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.