Gaúchos pedirão liberação temporária dos convocados

Os dirigentes da dupla Gre-Nal mostraram postura semelhante após a convocação de seus jogadores para a seleção brasileira que disputará os próximos jogos nas Eliminatórias da Copa de 2010 e a Copa das Confederações. Estão na lista do técnico Dunga o goleiro Victor, do Grêmio, o lateral Kléber e o atacante Nilmar, do Internacional.

ELDER OGLIARI, Agencia Estado

21 de maio de 2009 | 20h01

"Estamos contentes porque é bom para ele e para o clube, mas sofreremos um prejuízo concreto na Libertadores", comentou o presidente do Grêmio, Duda Kroeff. No Inter, o sentimento do vice-presidente de futebol Fernando Carvalho é semelhante, porque o time ficará sem seus dois titulares na fase decisiva da Copa do Brasil e no primeiro jogo da decisão da Recopa Sul-Americana, diante da LDU.

Para tentar reduzir os prejuízos, o Grêmio vai pedir que seu goleiro participe das partidas das Eliminatórias e seja dispensado da Copa das Confederações, quando o clube estará disputando as semifinais da Libertadores, contra Cruzeiro ou São Paulo, se passar pelo Caracas nas quartas-de-final. Apesar da disposição, Kroeff admitiu que não entrará em conflito com a CBF. "Tentaremos na base da camaradagem". Após a convocação, Dunga já avisou que não pretende abrir exceções e que a prioridade é da seleção.

O goleiro Victor, convocado pela primeira vez, agradeceu à família, à noiva, a Deus, aos treinadores que encontrou, ao Paulista de Jundiaí, onde foi revelado, e ao Grêmio, pelas oportunidades que teve. Diplomático, disse que deixará o clube decidir seu destino com a CBF e adiantou que estará motivado em qualquer uma das duas situações.

No Internacional, os dois convocados ficarão de fora do segundo jogo das semifinais e do primeiro das finais da Copa do Brasil, se o clube se classificar. Além disso, deixam de participar da primeira das duas partidas que decidem a Recopa, contra a LDU. A diretoria vai tentar a desconvocação de pelo menos um dos atletas para o jogo da volta contra o Coritiba, pelas semifinais da Copa do Brasil, no Paraná.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolseleçãoGrêmioInternacional

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.