Gaúchos podem ter Gre-Nal na decisão

O Rio Grande do Sul só conhecerá os finalistas do campeonato estadual em junho. Desta vez, ao contrário da história recente, a decisão pode colocar em confronto os dois clubes mais tradicionais do Estado, o Internacional e o Grêmio. Ambos estão nas semifinais e esperam a decisão do Grupo 2, que ainda tem 16 rodadas pela frente, para conhecer seus adversários. O Internacional, vencedor do Grupo 1, enfrenta em casa o segundo colocado do Grupo 2. O Grêmio, segundo do Grupo 1, vai ao estádio de quem vencer o Grupo 2. Se os dois "grandes" vencerem as semifinais, que serão disputadas em um só jogo, dia 2 de junho, vão se enfrentar na final, marcada para 6 de junho. Até a metade dos anos 90, os gaúchos eram acostumados a só ver Grêmio e Internacional nas decisões. Isso só não ocorria em anos em que a fase final era por pontos corridos e um dos grandes conseguia comemorar o título antes do Gre-Nal que invariavelmente era marcado para a última rodada. Desde 1996, no entanto, os grandes da capital só decidiram o título em confronto direto duas vezes, em 1997 e 1999, com uma vitória para cada um. Em 1996 e em 2001 o Grêmio foi campeão ganhando do Juventude. Em 2002 e 2003 o Inter ganhou o título derrotando o 15 de Novembro. Em 1998, o Juventude deu a volta olímpica dentro do Beira-Rio e em 2000 o Caxias festejou seu título no Olímpico. A mudança na tradição deve-se em primeiro lugar ao crescimento do Juventude, um clube que está no Campeonato Brasileiro há dez anos e que vem montando times do mesmo nível da dupla Gre-Nal. Mas também há outros fatores. As fórmulas dos últimos três anos favoreceram eliminações rápidas de algum dos grandes. Em 2002 e 2003, o Grêmio priorizou a Libertadores e não se importou de ficar de fora das fases decisivas do Campeonato Gaúcho. Em 2004 voltou a dar valor à disputa local talvez porque, em fase de reestruturação, considere a única em que tem chances de ser campeão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.