Gaviões da Fiel declara guerra ao técnico Emerson Leão

A torcida do Corinthians promete não dar sossego para o técnico Emerson Leão daqui para frente. Antes de todos os jogos, membros da organizada Gaviões da Fiel estarão no Parque São Jorge cobrando desempenho melhor do time, mas a crítica será direta ao trabalho do treinador, considerado por eles orgulhoso e de difícil convivência.Neste sábado, uma manifestação da Gaviões estava marcada para acontecer no Parque São Jorge, mas Leão resolveu levar, já nesta sexta-feira, o time do Corinthians para Atibaia, no interior de São Paulo.?Ele é um fujão, com certeza?, acusou Wildner Rocha, o Pulguinha, vice-presidente da torcida organizada, ao falar de Leão. ?Não tem problema, protestamos no jogo com o Bragantino (domingo, em Bragança Paulista, pelo Paulistão).?Se depender dos torcedores, os dias de Leão no comando do Corinthians estão contados. Eles vão pedir sua cabeça demissão durante os jogos. ?Quando ele chegou, apoiamos o projeto, não o treinador. Naquele momento (agosto de 2006), a equipe precisava de comando, pois era lanterna do Campeonato Brasileiro. Hoje, é outra leitura. O time precisa é de tranqüilidade?, explicou Pulguinha.Para o vice-presidente da Gaviões, a equipe do Corinthians não tem mais como evoluir sob o comando de Leão, a quem considera um técnico linha-dura, mas fraco taticamente. Outra bronca da torcida é com o fato de, com seu jeito arbitrário, Leão estar deixando os jovens jogadores do elenco inseguros. ?Com ele, temos turbulência todo dia. O Leão tem de acabar com este balcão de negócios no clube, de só utilizar jogadores indicados pela diretoria. Está queimado todas as nossas revelações?, reclamou Pulguinha.O vice-presidente da Gaviões não se conforma com a perda do meia Élton - foi para o futebol romeno - e com a possível saída do meia Rosinei, que se sente desprestigiado pelo treinador e dificulta a renovação de contrato - pode ir para o Internacional. ?Por causas políticas, o Rosinei fica sem jogar. Entendemos sua posição de querer sair, mas vamos lutar para acabar com as injustiças no clube?, prometeu Pulguinha.TimeCom dores no ombro esquerdo, o goleiro Jean não participou do treino "secreto" desta sexta-feira à tarde, em Atibaia, e está praticamente descartado para o jogo contra o Bragantino. Titular no começo do ano, Marcelo deve retomar a posição. Leão ainda não definiu se mantém o esquema com três zagueiros (Marcus Vinícius entraria no lugar de Gustavo, suspenso), ou se volta ao 4-4-2, mas com três volantes - Marcelo Mattos, Daniel e Magrão. Provavelmente, a escalação só será confirmada momentos antes da partida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.