Gaviões da Fiel prepara protesto pela liberdade dos corintianos de Oruro

Gritos pela soltura dos 12 torcedores devem ser ouvidos durante jogo desta quarta no Pacaembu

O Estado de S. Paulo

10 de abril de 2013 | 19h18

SÃO PAULO - A torcida do Corinthians prepara uma manifestação para o jogo da noite desta quarta-feira contra o San José, pela Copa Libertadores, no Pacaembu. A Gaviões da Fiel, facção organizada, divulgou um comunicado para que os presentes ao estádio gritem pedidos de liberdade pelos 12 corintianos que estão presos em Oruro, na Bolívia.

No comunicado oficial, a Gaviões da Fiel pede para que os corintianos gritem as seguintes frases: "Olê olê olê olá, é liberdade já, é liberdade já, justiça!", "Não é mole não, a liberdade já virou obrigação" e "Brava gente brasileira, longe vai temor servil, são 12 homens inocentes e cidadãos do meu Brasil".

No dia 20 de fevereiro os dois times empataram em 1 a 1 na cidade boliviana e o jogo ficou marcado pela morte do garoto Kevin Espada, de 14 anos, que foi atingido no olho por um sinalizador. Desde então, os 12 torcedores estão presos na cidade suspeitos de envolvimento com o crime - o que eles negam.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.