Gaviões faz marcação contra boêmios

É bom os jogadores que costumam sair muito à noite tomarem cuidado. A Gaviões da Fiel já denunciou os notívagos à comissão técnica. E Geninho prometeu investigar. "Se houve uma denúncia, vamos procurar saber se é verdade. E quem são os jogadores que estão saindo à noite", garantiu o treinador.A bronca da torcida é com Gil, Kléber e Fabrício, que estariam freqüentando os bares Democrata, no Tatuapé, e Terra Brasil, na Vila Maria. "Eles foram vistos várias vezes na noite", acusa o ex-presidente da Gaviões, Douglas Deúngaro. Mas Metaleiro, como é conhecido, não disse se os jogadores consumiram bebida alcoólica ou exageraram nas noitadas, o que pode ser um ponto favorável para eles. Assustado, Kléber não deu entrevista ontem.A torcida também não anda satisfeita com Liedson. Quinta-feira, na saída do Pacaembu após a derrota para o Figueirense, os torcedores cobraram compromisso do atacante. "O Liedson precisa se definir. Ou fica com a gente ou sai de uma vez. De manhã ele beija a camisa do Corinthians, à tarde diz que vai embora. O Corinthians não pode se prestar a isso", reage Metaleiro.Quanto ao apoio dado pela diretoria a Geninho, Metaleiro faz uma ressalva: a partir de agora o técnico vai ter de dar um jeito no Corinthians. "Se ele quiser continuar tendo o nosso apoio, é melhor fazer o time ganhar do Atlético-MG. A equipe está jogando com vontade, mas isso não basta."

Agencia Estado,

09 de agosto de 2003 | 11h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.