Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Gaviões protegerá Arena Corinthians de manifestantes contrários à Copa

Organizada convoca sócios para evitar depredações ao Itaquerão

O Estado de S.Paulo

29 de abril de 2014 | 16h20

SÃO PAULO - A Gaviões da Fiel está convocando os seus associados para protegerem a Arena Corinthians de possíveis protestos de grupos contrários à realização da Copa do Mundo no local. Nesta terça-feira, às 19h, integrantes da organizada vão se concentrar na frente da arena para garantir que o local não será danificado pelos manifestantes.

Está programada para esta terça-feira uma passeata do "Movimento contra a Copa de 2014". Os manifestantes vão se reunir na estação Tatuapé do Metrô, mas ainda não é certo de que partirão rumo ao Itaquerão. O estádio de Itaquera receberá o seu primeiro jogo oficial no dia 18 de maio, quando o Corinthians enfrenta o Figueirense pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Na Copa do Mundo, além da abertura, dia 12 de junho, entre Brasil e Croácia, a arena sediará mais cinco partidas: Uruguai x Inglaterra (19 de junho), Holanda x Chile (23 de junho), Coreia do Sul x Bélgica  (26 de junho), oitavas de final (1 de julho ) e semifinal (9 de julho).

Na quinta-feira, será realizado mais um evento-testo na Arena Corinthians, com dois jogos entre operários da Odebrecht, empresa responsável pela construção do estádio e seus subcontratados. Cada jogo terá 40 minutos (dois tempos de 20 minutos). Para este evento, não haverá venda de ingressos. Os convites serão distribuídos exclusivamente aos funcionários e familiares que fazem parte da construção da Arena Corinthians.

CONVOCAÇÃO OFICIAL

Atenção Nação Corinthiana, hoje está marcada uma manifestação em Itaquera, a caminhada começará no Tatuapé e pode terminar em nosso Estádio. Estamos convocando a Nação Corinthiana para ir conosco aqui da sede juntos, para evitarmos qualquer tipo de depredação e vandalismo na casa da FIEL TORCIDA. Vamos disponibilizar um ônibus, saindo aqui da Sede as 16hs.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.