Geílson começa a conquistar a camisa 7

O Santos pode ter encontrado o matador que procurava em seu banco de reservas. Neste domingo, Geílson teve a primeira grande oportunidade no time, ocupando a vaga deixada por Robinho. Longe se ser parecido com o rei das pedaladas, o atacante mostrou que sabe fazer gols, tendo marcado os dois da vitória que colocou os santistas ba liderança isolada do campeonato. "Tive a felicidade de fazer dois gols outra vez", disse ele, que está conquistando a camisa sete. A ordem, porém, é esquecer Robinho. Ricardinho se recusou a responder perguntas envolvendo o atacante que estreou hoje no Real Madrid. O capitão não escondeu a irritação. "A gente tem de parar com isso, não vou mais responder sobre isso. O Robinho está em outro time, foi muito feliz aqui, chega disso". E ele queria falar sobre o time, sobre os jogadores que permaneceram. "Foi um grande jogo. Tivemos dificuldade no segundo tempo e ganhamos na força de vontade com aquilo que nos propusemos: marcar e procurar as chances criadas dentro de jogo". Ricardinho falou dos novos jogadores, como o lateral-direito Zé Leandro. "Garoto que está iniciando a carreira e nos ajudou hoje. Tivemos muitas dificuldades, mas superamos isso com o empenho de todos". O zagueiro Luís Alberto seguiu a mesma linha de Ricardinho. Reconheceu o mérito de Robinho e conheceu sua fama quando ainda atuava no exterior. "Ele era um jogador muito importante para o Santos, mas agora temos de botar na cabeça que o Robinho agora é do Real Madrid e temos de procurar jogar da melhor maneira possível sem ele. Temos de esquecer Robinho e procurar fazer o melhor aqui". ALÍVIO - A vitória de hoje, com praticamente um time misto, foi um alívio na Vila Belmiro, mesmo com o sufoco que levou no segundo tempo. "Chegar à liderança não foi uma surpresa para nós", disse Luís Alberto. "Estamos correndo atrás disso e queremos o título brasileiro", concluiu, ressaltando que o grupo precisa agora manter os pés no chão e manter a liderança. Fabinho que retornou hoje depois de um longo período contundido gostou da marcação feita pelo time. "Quando a equipe marca bem, sabemos que os gols saem, pois a qualidade é muito grande". CONTRATAÇÕES - O presidente Marcelo Teixeira confirmou que a diretoria pretende trazer reforços para o Campeonato Brasileiro, mas reconhece a dificuldade para fazer as contratações, especialmente depois da venda de Robinho para o Real Madrid. ?Todos sabem que estamos com um bom volume de recursos, e precisamos tomar cuidado para que as ofertas não sejam supervalorizadas?, observou. O dirigente confirmou que o lateral Kleber, ex-Corinthians e hoje no Basel, da Suíça, é a prioridade. ?Temos um representante tratando da negociação, mas estou preocupado, pois esperava uma resposta sexta-feira?, contou Teixeira, pessimista quanto à contratação de Vágner Love. ?É uma transação muito difícil.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.