Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

'Genial', Pato não marca há um turno e amarga reserva no São Paulo

Para o técnico Fernando Diniz, atacante 'não conseguiu botar o talento para fora'

Guilherme Amaro, O Estado de S.Paulo

18 de novembro de 2019 | 15h18

Alexandre Pato permaneceu no banco de reservas do São Paulo pela terceira vez, sendo duas nos últimos dois compromissos da equipe. No clássico contra o Santos, por exemplo, o técnico Fernando Diniz fez apenas duas substituições e não utilizou o atacante.

Após a partida, o treinador explicou a escolha. Diniz voltou a fazer elogios e chamou Pato de "genial". No entanto, admitiu que as atuações recentes do atacante foram abaixo do esperado.

"O Pato é um jogador genial. Pela condição técnica dele, ele já podia estar indo para a terceira Copa do Mundo. Característica técnica não é. Ele jogou outras partidas e não conseguiu botar para fora esse talento. Fizemos outras opções que acredito que sejam o melhor para o São Paulo no momento", disse Diniz.

Pato não marca há um turno do Campeonato Brasileiro. Os últimos gols do atacante foram na vitória por 3 a 2 sobre o Santos, no dia 10 de agosto, quando balançou a rede duas vezes.

Desde que retornou ao São Paulo no primeiro semestre, Pato participou de 22 jogos, sendo 19 como titular e três saindo do banco de reservas. O atacante marcou cinco gols.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.