Geninho culpa gramado pela derrota

O campo pesado e o temporal, que paralisou a partida entre Atlético Paranaense e Corinthians por 28 minutos, foram apontados pelo técnico corintiano Geninho como os responsáveis pela derrota de sua equipe por 3 a 1, neste domingo, na capital paranaense. Segundo o treinador, seu time é acostumado a jogar com toque de bola e não se adaptou ao gramado encharcado. "Não podemos mudar a característica dos atletas. Nosso time costuma trabalhar bem a bola e não conseguiu se adaptar ao campo." Na opinião de Geninho, caso não chovesse, seu time teria vencido. "Nos primeiros minutos, antes da chuva e da paralisação, nós mandávamos na partida, com jogadas de gol e o pênalti desperdiçado, mas depois disso, virou um jogo de chutões." Apesar da derrota, Geninho garantiu não sofrer nenhuma pressão da diretoria e espera recuperar os pontos perdidos diante do Santos, na quarta-feira. "O ideal seria voltarmos com a vitória, mas não nos afastamos muito dos líderes." O treinador também absolveu Leandro, que recebeu mais um cartão amarelo e quase foi expulso. "Foi um cartão que o jogador precisou tomar, pois não havia alternativa para parar a jogada. Não há razão para repreendê-lo. O mesmo se aplica ao Moreno, que foi expulso, pois o Dagoberto poderia marcar o gol." O goleiro Doni também reclamou do mau tempo, mas não colocou a culpa pela derrota na chuva. "Isso atrapalhou muito, foi prejudicial, mas também foi ruim para o Atlético." Ilan - Ao contrário de Geninho, o atacante Ilan, autor dos três gols do seu time e o artilheiro da competição, com 13 gols, festejou e não se incomodou com o temporal. "O mais importante que a artilharia, foi a conquista dos três pontos, importantes para a nossa recuperação. A torcida nos apoiou muito e merecemos o resultado." Para o técnico do Atlético, Vadão, a vitória deixou a equipe mais tranquila para o jogo contra o São Caetano. "Queríamos nove pontos nas próximas rodadas, e começamos bem, contra o Corinthians. Agora é trabalhar com calma e mostrar o valor que esse grupo tem, como mostrou neste domingo."

Agencia Estado,

06 de julho de 2003 | 20h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.