Geninho e Dodô fazem as pazes

Dodô voltou a treinar com o grupo de jogadores do Santos, depois da reunião em que pediu desculpas ao técnico Geninho, foi multado e reintegrado ao elenco. "Tivemos uma conversa, ele está reintegrado e vai ser tratado como os demais jogadores", disse o treinador. Para ele, nem era preciso o pedido de desculpas. "Bastava ele ter reconhecido que errou". A escalação do atacante, porém, foi descartada para o jogo de sábado, contra a Ponte Preta, devendo viajar para Campinas e ficar no banco. O jogador revelou que não sabe o valor da multa que será aplicada pelo ato de indisciplina. "Não sei quanto será, mas espero que não seja alta", disse Dodô. Ele revelou como será sua atitude daqui para a frente: "vou ficar quieto, treinar e aguardar a ordem que vem de cima".O atacante conta os meses que ainda tem de contrato com o Santos e revela que, em julho, estará livre para atuar em qualquer time.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.