Geninho já começa a fazer conta

Quatro derrotas seguidas, tabela com quatro jogos fora de casa, um clássico contra o Palmeiras e alguns problemas internos são ingredientes de uma receita que pode deixar o Santos fora da próxima fase do Campeonato Paulista. Depois de perder para a Ponte Preta, por 1 a 0, sábado, em Campinas, o técnico Geninho começou a fazer as contas para conseguir a classificação. Até agora, a equipe da Vila Belmiro acumula cinco derrotas e quatro vitórias na competição. "Estamos na mesma situação do Corinthians e agora, a única conta que nos interessa é vencer todos os jogos", calculou o treinador.O primeiro desafio para essa conta dar certo será domingo, quando o Santos recebe o Palmeiras, na Vila Belmiro. Nesta partida, a equipe estará sem um de seus jogadores mais experientes, o volante Claudiomiro, que teve um estiramento na coxa esquerda na partida contra a Ponte. "A lesão foi bastante grave e deve provocar afastamento de pelo menos 15 dias", avaliou o próprio atleta.Além de Claudiomiro, o meia Robert continua fora do time, se recuperando de fratura na costela.Geninho preferiu culpar a falta de sorte pela seqüência de resultados negativos no Paulistão. "O que temos é uma grande dose de azar nesta fase do campeonato", justificou o treinador. "Temos passado por jogos onde os árbitros estão interferindo no resultado, onde perdemos jogadores ou cometemos pênaltis ainda no início da partida e é isso que tem determinado nossa posição na tabela", acredita ele.O técnico do Santos considera que os problemas de relacionamento entre os jogadores Caio e Galván e as manifestações de descontentamento do atacante Dodô, com a posição de reserva, já foram resolvidos e não vão atrapalhar o clima da equipe nos próximos jogos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.