Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Geninho pode pedir demissão nesta sexta

Geninho deixou o Pacaembu nesta quinta-feira sentindo que vai ter de pensar melhor na hipótese de se demitir. A derrota para o Figueirense colocou o seu cargo definitivamente em jogo. Se não pedir demissão, pode ser demitido. A pressão contra o seu trabalho, que já era grande, deve ficar insuportável a partir desta sexta-feira. Nem o vice-presidente de Futebol Antonio Roque Citadini sabe se terá forças para evitar uma troca de técnico. No vestiário, Geninho admitiu que vai pensar numa provável saída. ?Se acharem que a provável saída do Geninho vai melhorar o Corinthians, vamos conversar.? Detalhe: Geninho usou a palavra provável. Depois, sugeriu que vai pensar no assunto. ?Não gosto de decidir nada na emoção. Não posso dizer o que vai acontecer amanhã.? Na verdade, o próprio Geninho já está farto dessa situação. Sem um elenco de qualidade, ele tem tido a responsabilidade pela fraca campanha da equipe. Nesta quinta-feira, já não tinha mais palavras para justificar tantos resultados ruins. ?Fica até difícil explicar uma derrota como a de hoje. Se o time não jogou bem, teve mais volume que o adversário, criou mais chances de gols mas acabou perdendo. Como eu vou explicar isso? Só no futebol uma equipe melhor perde um jogo que tinha tudo para vencer. Infelizmente, deixamos escapar.? Os próprios jogadores sentiram que a situação do técnico ficou complicada com a derrota. Gil saiu em defesa do técnico. ?Temos que retribuir ao Geninho todo o apoio que ele nos tem dado. O Geninho não entra em campo, não faz gol. Os culpados pela derrota somos nós todos, o time.? A derrota também trouxe uma sensação definitiva de fracasso na competição. O capitão Rogério, incrédulo, dizia. ?Só Deus pode salvar o Corinthians.? O lateral quis dizer que as chances de reação da equipe praticamente acabaram com o resultado desta quinta. ?Essa derrota foi a pior coisa que poderia acontecer para o Corinthians. Praticamente acabaram com as nossas chances de reação no campeonato.? Já o atacante Liedson apareceu para desmentir uma notícia envolvendo o seu nome numa futura transferência para o Santos. ?Fui checar isso hoje e não é verdade.? O atacante também reconheceu o seu momento ruim. ?Perdi um gol que não costumo perder. Mas eu posso assegurar: estou com a cabeça só no Corinthians.?

Agencia Estado,

07 de agosto de 2003 | 23h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.