Stefano Rellandini/Reuters
Stefano Rellandini/Reuters

Gennaro Gattuso é acusado pela Uefa por conduta antidesportiva

Entidade analisará a punição ao capitão do Milan em uma audiência na próxima segunda-feira

AE-AP, Agência Estado

17 de fevereiro de 2011 | 10h34

A Uefa, entidade que controla o futebol europeu, acusou nesta quinta-feira o volante Gennaro Gattuso, do Milan, por "conduta antidesportiva grosseira". O jogador foi muito criticado por seu comportamento na derrota para o Tottenham, por 1 a 0, na última terça, em Milão, pela partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa.

Na ocasião, o italiano demonstrou muito nervosismo em campo, discutiu com diversos jogadores, e chegou a agredir com uma cabeçada o auxiliar técnico da equipe inglesa, Joe Jordan, após o termino do confronto.

A entidade europeia afirmou que analisará a punição ao jogador em uma audiência na próxima segunda-feira. O código disciplinar da Uefa prevê suspensão por ao menos uma partida em casos de "conduta antidesportiva", mas por no mínimo três jogos em caso de "ataque a jogadores ou outros presentes na partida".

Gattuso já está fora da partida de volta entre Tottenham e Milan, devido ao acúmulo de cartões amarelos. As duas equipes se enfrentam no dia 9 de março, no White Hart Lane, em Londres, no duelo que valerá uma vaga nas quartas de final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.