David Goldman / AP
David Goldman / AP

Gerardo Martino, ex-Barcelona e seleção argentina, é eleito melhor técnico da MLS

Atualmente, o treinador argentino comanda o Atlanta United

O Estado de S.Paulo

13 de novembro de 2018 | 23h24

O argentino Gerardo "Tata" Martino, técnico do Atlanta United, foi eleito o treinador do ano na Major League Soccer (MLS), principal liga de futebol dos Estados Unidos.

Martino recebeu seu primeiro prêmio depois de dirigir o Atlanta em uma temporada histórica. Com o apoio dos torcedores, que registraram médias de público impressionantes em seus jogos, o United obteve sua primeira vitória em séries eliminatórias, ao despachar o New York City nas semifinais da Conferência Leste da competição.

Ex-técnico do Barcelona e da seleção argentina, Martino vai deixar a equipe de Atlanta ao final da temporada, após os playoffs, possivelmente para dirigir a seleção mexicana.

O técnico argentino recebeu 32,7% dos votos de técnicos e jogadores da MLS e dos jornalistas. Bob Bradley, do Los Angeles FC, foi o segundo colocado, com 22,34%.

Especula-se que a diretoria do United vai tentar a contratação de um novo treinador sul-americano para manter o método de trabalho implantado por Martino. Sob a orientação do argentino, o United se classificou para os playoffs em sua primeira temporada.

Com "Tata", o venezuelano Joseph Martínez foi o artilheiro com 30 gols e o paraguaio Miguel Almirón e o argentino Tito Villalba foram considerados os melhores jogadores da Liga.

Os jogos do United no estádio Mercedes Benz tiveram uma média de 53.002 torcedores. Sete partidas foram vistas por mais de 70 mil espectadores.

O United volta a jogar dia 25 de novembro, quando disputa a partida de ida pelas semifinais da Conferência Leste com o New York Red Bulls.

 

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.