Gilvan de Souza/ Flamengo
Gilvan de Souza/ Flamengo

Gerente do Fluminense elogia Sheik após atacante anunciar saída do Flamengo

Atacante revelou que negocia 'com clube grande que vai disputar títulos'

Estadão Conteúdo

27 de dezembro de 2016 | 15h43

Emerson Sheik não vai continuar no Flamengo em 2017, mas pode seguir no Rio. Um dia depois de o atacante confirmar a saída da Gávea e dizer que já tem destino certo para o ano que vem, o gerente de futebol do Fluminense, Alexandre Torres, elogiou o atacante do clube rival.

"Eu particularmente gosto do Sheik. É um jogador vitorioso, tem experiência, já jogou no Fluminense. Mas aqui eu não vou poder dizer se o Sheik vai ser esse jogador, porque eu não gosto de comentar possíveis transações", disse Torres, em entrevista ao SporTV.

Questionado sobre as posições para as quais o técnico Abel Braga pediu reforços, Torres não escondeu que o elenco tricolor precisa de um centroavante. "O Fluminense tem algumas posições carentes, que são as posições carentes no futebol brasileiro. Atacante de área é uma posição que falta jogador", afirmou, lembrando da saída de Fred já durante o Brasileirão.

Na noite de segunda, em um amistoso beneficente na cidade mineira de Uberlândia (MG), Emerson disse que está em negociações para atuar em um clube grande em 2017. "Ainda não posso (revelar o novo clube). Mas é um clube grande que certamente vai brigar por títulos", disse, sem deixar claro se o clube é do Brasil ou do exterior, em entrevista também ao SporTV.

Campeão mundial e da Copa Libertadores pelo Corinthians em 2012, além de passagens por clubes como o próprio Fluminense, São Paulo e Botafogo, Emerson lamentou as poucas oportunidades que teve no Flamengo em 2016. E aproveitou ainda para agradecer a seu novo clube pela chance que recebeu.

"O Flamengo passou, né? Foi um 2016 difícil para mim. Treinei muito, joguei pouco. Mas 2017 promete. Projeto novo, coisa boa pela frente. A galera não sabe ainda, mas já estou agradecendo. Obrigado pela confiança. Certamente vou dar meu melhor, como foi em todos os outros clubes pelos quais passei", afirmou o atacante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

  • Raí valoriza montagem do elenco do São Paulo para o Brasileirão
  • Em crise, Figueirense se movimenta para evitar novo W.O.
  • Corinthians, Palmeiras e São Paulo tem as melhores defesas do Campeonato Brasileiro
  • Podcast: personalidades do esporte analisam a situação do futebol no Brasil
  • Bruno Henrique vibra com gols no Maracanã: 'Semana mais feliz da minha vida'

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.