Peter Powell/Efe
Peter Powell/Efe

Gerrard explica decisão e diz que ainda vai voltar ao Liverpool

Meia de 34 anos irá para o futebol dos Estados Unidos ao fim da atual temporada e já prometeu retornar ao time inglês no futuro

Estadão Conteúdo

03 de janeiro de 2015 | 17h09

Horas depois de o Liverpool anunciar a saída do capitão Steven Gerrard ao fim da temporada, para jogar nos Estados Unidos, o jogador finalmente se pronunciou. Em vídeo exibido pelo canal do clube inglês, o veterano de 34 anos afirmou que pretende voltar um dia para ajudar o clube onde jogou praticamente toda a carreira.

"Eu vou voltar para servir ao clube somente se eu sentir que posso ajudar. Eu sempre serei um torcedor, claro, não importa o que aconteça no futuro. Mas acho que é algo que eu terei de considerar. Se eu me sentar com as pessoas que estiverem controlando o clube no momento, e eles virem um papel onde eu possa ajudar, é claro que vou considerar", disse o jogador.

O craque ainda não anunciou qual será seu clube ao fim do contrato com o Liverpool, apenas que irá atuar nos Estados Unidos. "Eu posso dizer aos torcedores que eu vou jogar nos Estados Unidos. Mas ainda não assinei com time algum ainda. Estou perto, e, assim que souber, farei o anúncio."

Expoente do Chelsea assim como Gerrard é do Liverpool - o volante nunca jogou por outro clube -, Lampard tomou atitude semelhante para decidir jogar no New York City. Como o time norte-americano só iniciará a disputa da MLS neste início de ano, ele antes foi emprestado ao Manchester City, causando a ira dos torcedores do Chelsea.

Gerrard, de 34 anos, fez a sua estreia pela equipe profissional do Liverpool em 1998 e marcou 180 gols em 695 partidas desde então. Ele ganhou a Liga dos Campeões da Europa (2004/2005), a Copa da Uefa (2000/2001) - atual Liga Europa - , a Copa da Inglaterra (2000/2001 e 2005/2006) e a Copa da Liga Inglesa (2000/2001, 2002/2003 e 2011/2012) pelo clube.

 

Tudo o que sabemos sobre:
futinterfutebolGerrardLiverpool

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.