Carl Recine/Reuters
Carl Recine/Reuters

Gerrard pede desculpas por ter sido expulso após 38 segundos

Capitão entra no no intervalo, mas recebe cartão vermelho direto

TOBY DAVIS, REUTERS

22 de março de 2015 | 16h13

O capitão do Liverpool, Steven Gerrard, pediu desculpas depois de ter sido expulso por um pisão com apenas 38 segundos em campo na derrota por 2 x 1 para o Manchester United, neste domingo.Gerrard entrou no jogo como substituto no intervalo, mas recebeu um cartão vermelho diretamente depois de reagir a uma entrada do meia espanhol Ander Herrera.

Com Gerrard próximo de deixar o Liverpool pelo Los Angeles Galaxy, da Major League Soccer, no final da temporada, essa certamente foi sua última partida pelo time de Merseyside contra os rivais do noroeste."Preciso aceitar isso; a decisão foi correta. Eu decepcionei meus companheiros e os torcedores. Assumo total responsabilidade", disse Gerrard à Sky Sports."Não sei o que causou isso. Provavelmente, foi uma reação à entrada inicial", afirmou."Eu não deveria falar mais sobre isso. Eu apenas vim aqui pedir desculpas para o vestiário e para a torcida."

Gerrard foi deixado no banco de reservas pelo técnico Brendan Rodgers porque acabou de voltar de lesão, e na sua ausência, o Liverpool entrou em uma sequência incrível de vitórias.

Tudo o que sabemos sobre:
futebol internacionalfutebolGerrard

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.