Wilton Junior/ Estadão
Wilton Junior/ Estadão

Gestora do Maracanã planeja reformar gramado do estádio com o aval de Flamengo e Fluminense

Único intervalo de tempo viável para que o procedimento aconteça antes do fim da temporada seria entre os dias 16 e 27 de setembro

Redação, O Estado de S.Paulo

03 de setembro de 2020 | 15h42

O gramado do Maracanã pode passar por reformas. Os gestores responsáveis pelo estádio estão avaliando a realização de uma possível manutenção de rotina na grama do local. Isso, claro, com a permissão de Flamengo e Fluminense, que tem contrato com os administradores. Até o fim da temporada, não há tempo hábil para trocar a grama do estádio. Por isso, a data mais conveniente para que esse procedimento seja feito seria entre os dias 16 e 27 de setembro, intervalo de tempo em que o estádio não receberia jogos. Apesar dessa brecha na agenda existir, não há confirmação de que a reforma aconteça nesse período.

Até o dia 16 de setembro, estão previstos para serem disputados quatro jogos no Maracanã. São eles: Flamengo e Fortaleza, no dia 5; Fluminense e Flamengo, no dia 9; Fluminense e Corinthians, no dia 13; e Fluminense e Atlético-GO, no dia 16. Depois dessa sequência, o estádio volta a receber o Fluminense apenas no dia 28.

Serão 11 dias sem que a bola role no campo. Flamengo e Goiás até se enfrentariam no dia 20, no entanto, a partida foi adiada para o dia 13 de outubro, mês em que o estádio será palco de partidas às quartas e domingos. Portanto, essa, de fato, é a única janela possível para que a manutenção seja realizada antes do encerramento do ano. A última reforma ocorreu no início da temporada, ainda em janeiro, antes da pandemia, e foi parcial. Apenas a área norte foi trocada. Dirigentes e jogadores têm reclamado das condições do gramado. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.