Ricardo Saibun/Divulgação
Ricardo Saibun/Divulgação

Na mira dos chineses, Geuvânio tem semana decisiva no Santos

Atacante pode ir para o Tianjin Quanjian

O Estado de S.Paulo

19 de janeiro de 2016 | 07h00

Geuvânio tem uma semana decisiva no Santos. Até sexta-feira, o jogador deverá decidir se fica ou deixa o clube. O atacante recebeu uma proposta de 11 milhões de euros (cerca de R$ 48 milhões) do Tianjin Quanjian, da China.

O presidente Modesto Roma Júnior, no entanto, não aceitou. Nos próximos dias, os chineses devem aumentar a oferta pelo jogador. Estima-se a proposta pode chegar a 20 milhões de euros (R$ 86 milhões).

Tianjin Quanjian é treinado por Vanderlei Luxemburgo. O time já contratou Jadson (ex-Corinthians) e Luis Fabiano (ex-São Paulo). Os chineses tentaram levar Alexandre Pato, mas o atacante do Corinthians recusou a proposta.O time está na Segunda Divisão do Campeonato Chinês.

Com dores na região do quadril, Geuvânio não participou do jogo-treino contra o Red Bull no último domingo.“Tem de ver o que é melhor para ele e para o Santos. Ainda não falei com ele, porque sei o que ele está passando. É muita gente enchendo o saco”, disse o volante Thiago Maia.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolSantos FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.