Giuseppe Cacace/AFP
Giuseppe Cacace/AFP

Gianni Infantino, presidente da Fifa, está infectado com o coronavírus

Com 50 anos de idade, dirigente está com 'sintomas leves', de acordo com a entidade que comanda o futebol mundial

Redação, Estadão Conteúdo

27 de outubro de 2020 | 14h29

Gianni Infantino, presidente da Fifa, está infectado com o coronavírus. O anúncio foi feito, nesta terça-feira, pela entidade máxima do futebol em suas redes sociais. Segundo o comunicado, o dirigente, de 50 anos, apresenta "sintomas leves" da covid-19 e já está em quarentena de dez dias.

Infantino, após o período de isolamento, será submetido a novos exames para saber se poderá retornar às suas atividades normais. A Fifa orientou as pessoas que tiveram contato com o presidente nos últimos dias para que "tomem as medidas necessárias".

O dirigente suíço foi reeleito presidente da Fifa no ano passado. Seu novo mandato vai até 2023 e ele ainda pode tentar mais duas reeleições, o que o deixaria no poder da entidade até 2031.

Há um mês, Infantino demonstrou otimismo quando ao futuro do futebol pós-pandemia e afirmou que o público nos estádios é essencial, mas antes é preciso encontrar protocolos de segurança para cuidar da saúde dos torcedores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.