Giba cheio de problemas na Portuguesa

A Portuguesa só volta a jogar na próxima sexta-feira pela Série B do Campeonato Brasileiro, mas os desfalques já tiram o sono do técnico Giba. O time também jogará sob a pressão de precisar vencer em seu estádio do Canindé - local do próximo confronto, contra o Avaí. Além de tudo, o departamento médico do clube está movimentado. O atacante Leandro Amaral está com dores nas costas e o volante Almir com lesão no pé direito. Celsinho ainda cumprirá suspensão, porque recebeu o terceiro cartão amarelo na derrota (1 a 0) para o Vila Nova, no Canindé.O treinador, porém, diz que os desfalques não vão atrapalhar o time. No jogo passado o volante Rai e o atacante Leandro Amaral estiveram fora do time. O volante Rodrigo Pontes não esteve bem fisicamente - teve amigdalite e emagreceu quatro quilos.Contra o Marília, jogo em que o time também perdeu por 1 a 0, Celsinho, Rodrigo Pontes e Márcio Silva não puderam atuar. A situação esgotou o técnico Giba. "Estamos com má sorte. Nem me lembro da última vez que jogamos completos. Tanto os cartões como as lesões têm nos atrapalhado. Veja o Leandro (Amaral): quando não esteve irregular, esteve machucado."Almir, que ainda não treinou nesta semana, deve ser substituído por Rai , que retorna de suspensão. No ataque, a expectativa é que Leandro Amaral se recupere. A Portuguesa tem 23 pontos. Em 14 partidas, ganhou sete, empatou duas e perdeu cinco. Marcou 23 gols e sofreu 16. Pelas contas da comissão técnica, com 32 pontos a vaga estará garantida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.