Giba deixa o comando do Fortaleza na Série B

O técnico Giba se desligou nesta segunda-feira do Fortaleza, após sofrer sua quinta derrota no comando do equipe. O treinador pediu o desligamento por achar que "não existe mais clima" para a sua permanência, deixando o clube cearense na 17.ª colocação da Série B, com apenas 19 pontos. "Voltamos de viagem, conversei com a diretoria e entreguei o cargo", disse Giba após voltar para Fortaleza, depois da derrota por 2 a 0 para o São Caetano no último sábado.

Agencia Estado

17 de agosto de 2009 | 16h31

Veja também:

especial Mercado: as transferências dos times

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

O vice-presidente e diretor de Futebol do Fortaleza, Renan Vieira, elogiou a decisão do treinador e considerou sua atitude acertada. "Já que o Giba acha que o clima não é mais favorável para a sua permanência, não faz sentido ele ficar. Ele soube reconhecer a situação, por isso ele teve uma atitude digna", explicou o dirigente.

Giba assumiu o comando do Fortaleza no final de maio, quando a equipe ocupava a penúltima colocação da Série B. De lá para cá, foram cinco vitórias, quatro empates e cinco derrotas, campanha que não conseguiu tirar o clube da zona de rebaixamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.